Sindicato defende os direitos dos trabalhadores da Comercial Ramos

No mês de maio a Comercial Ramos fechou as portas em Vitória da Conquista, após atuar por sete anos na cidade. Com o seu fechamento, cerca de 50 funcionários da empresa foram pegos de surpresa com a notícia. Segundo eles, em reunião realizada no dia 24 de maio os gestores comunicaram o fechamento, deram baixa na CTPS e entregaram o comprovante do aviso prévio para todos, sem comunicar o motivo do encerramento das atividades.

Durante os últimos meses o corpo jurídico do Sindicato dos Comerciários, representado pela advogada Camila Costa, esteve à frente na defesa e garantia dos direitos dos trabalhadores. Além das denúncias feitas junto ao Ministério Público do Trabalho e ao Ministério do Trabalho, foi oferecido atendimento jurídico gratuito aos comerciários que procuraram o Sindicato.

“Ao todo o Sindicato fez 28 reclamações trabalhistas de trabalhadores da empresa Comercial Ramos, no início do mês de junho, e até o dia 15 de setembro, todos esses trabalhadores já tinham tido audiência realizada e, em todos os processos, foram feitos acordos, o FGTS foi liberado para saque e o Seguro Desemprego foi disponibilizado para algumas pessoas. A empresa ainda permaneceu com alguns funcionários para realizar trabalhos internos. Destas pessoas, mais cinco já foram demitidas e novos processos foram distribuídos e aguardam a audiência”, afirmou a advogada do Sindicato, Drª Camila Costa.

Todo o acompanhamento ao trabalhador aconteceu de forma gratuita. “Eles perceberam que podem contar com o Sindicato. Me falaram que estão bastante satisfeitos e que o serviço foi prestado com agilidade. Muitos me diziam estar desesperados diante da situação, pois foram demitidos e nem a homologação no Sindicato tinha sido feita. Assim, não poderiam sacar o FGTS depositado nem solicitar o Seguro Desemprego. Então, eles precisavam que o Sindicato agisse da forma mais rápida possível”, destacou a advogada.

Fonte imagem: Blog da Resenha Geral